DISQUE 100 - DENUNCIE

2 de dez de 2010
                                                     Ruy e Ed, foto: Larissa Canton

“Venham assistir ao espetáculo que virou história, a história que virou notícia, e a notícia que virou cadeia! Pois quem viu, fez que não viu. Não denunciou, então também abusou!”

Com esta estrofe, os palhaços UM e ZERO-ZERO encenam o espetáculo “Disque um, zero, zero”, contra o abuso sexual de crianças e adolescentes. O projeto é encabeçado pelo Núcleo da Mulher, sob a direção de Lêda Pureza e Ney, patrocinado pelo Ministério do Turismo.

Divertidos e brincalhões, o texto lúdico e dinâmico envolve os passantes e turistas que param para assistir ao espetáculo na rua. O texto é inspirado numa letra de rap de Thiago Barros e PRF Edilez Britto feito para a campanha da Federação dos Policiais Rodoviários Federais. A direção e a concepção são de Pawlo Cidade. Os palhaços são interpretados por Rui Penalva (Cia Casa Aberta de Teatro) e Ed Paixão (Grupo Teatro Total).

O palhaço Um lembra que “Criança quer jogar bola, assistir filme e brincar. O tempo dá pra sair, descansar e estudar, só não dá quando ela é obrigada a fazer o que não quer!” E o palhaço Zero-Zero conclama: “Venha você também fazer parte deste projeto, criança não é brinquedo, muito menos objeto, de braços cruzados não dá, pra vencer é preciso lutar”.

O espetáculo tem duração de 15 minutos e está sendo apresentado no centro da cidade sempre no dia de alta visitação turística, sobretudo na parada dos Transatlânticos. Contrato e apresentações:  73.9998.2555/8845.5569 
                                      

0 comentários:

Postar um comentário

Você conheci a cia de: