Pra se embolar de rir

11 de mai de 2010
 Senhoras e Senhores, o Espetáculo de comédia Cotidianus, da Cia. Casa Aberta de Teatro, se prepara para entrar em cena, 29, e vai dar o que gargalhar!

É com muito bom humor e alegria, que a Cia. Casa Aberta de Teatro tem a honra de anunciar ao público a estréia do show de comédia, Cotidianus, em 29 de maio (sábado), às 20 horas, no Teatro Municipal de Ilhéus. Com um elenco de seis atores, a peça que é composta por onze esquetes e mais de vinte personagens pra lá de engraçados, já promete arrancar risos e gargalhadas da platéia. A direção é do coletivo Cia. Casa Aberta de Teatro, que desde 2007 vem fazendo história na cena cultural de Ilhéus e região.


Através de cenas montadas a partir de diversas abordagens cotidianas, as esquetes do espetáculo variam com episódios que vão desde exibições culturais, religiosas, à questões sociais. À exemplo disso, o “Arrocha Brasil”, “O Pastor e o Satanás”, “O Bandido Honesto” e “O Rico e o Pobre”, são algumas das atrações presentes no cardápio da Cia. apresentadas no dia 29, no Teatro em Ilhéus, donde os ingressos estão disponíveis na bilheteria e pelo telefone (73) 3231-3087.

Inspirada em situações do dia-a-dia, a peça apresenta personagens peculiares, geralmente de tipos regionais, que expostos a certo contexto

social, exibem com humor cenas cotidianas revestidas de fundo crítico. “Existe toda uma crítica por trás do personagem, em que há uma mensagem que não está somente em fazer o público dar risada... Nosso objetivo principal é provocar a reflexão, quando o espectador leva para casa aquela mensagem, e pensa: ‘o ator falou brincando, mas aquilo é sério’”, destacou um dos atores da Cia., Germano Lopes.
No palco a dramaturgia de Ruy Penalva, Germano Lopes, Julio Cesar, Milena Argolo, Marcelo Brandão e Gustavo Bina, entra em cena junto com todo o trabalho, direção e produção realizado pela Cia. Casa Aberta, que não seria a mesma sem o apoio de Cris Passos (direção operacional) do Espaço Cultural Casa Aberta e ONG Filtro dos Sonhos, Gustavo Felicíssimo da Fundação Cultural, Romualdo Lisboa do Teatro Popular de Ilhéus, e também aos amigos, apoiadores e incentivadores André Rosa, Janete Lainha, Luciano de Luca, Tânia Barbosa, Potira Castro e Michele Miná. Ademais, na produção, Fabiane Ribeiro (direção executiva), André Loretz (sonoplastia) e Anna Karenina (assessoria de imprensa). Congressos

Mais  informações acesse: http://ciacasaabertadeteatro.blogspot.com

Você conheci a cia de: