Vem aí... Intimidade é uma bosta. Ilhéus

29 de dez de 2012

 A Companhia vem trabalhando em dois novos textos para estreia em 2013, alem do Intimidade é uma bosta também estamos trabalhando o famoso Pura Comédia 2, que vai ao teatro em junho, os membros da Companhia estiveram envolvidos em diversos outros trabalhos na região, no dia 24 de novembro os atores Ruy Penalva e Germano Lopes foram convidados para fazer o encerramento do ano letivo em uma mostra de curtas na cidade de Ribeira do Pombal, também foi convidado para esse evento o ator e cantor  baiano: Zéu Brito.

Confira o secretariado do prefeito eleito Jabes Ribeiro

28 de dez de 2012



 O prefeito eleito Jabes Ribeiro acaba de divulgar a lista do secretariado do seu governo. O vereador eleito Jamil Ocké vai assumir a secretaria de assistência Social, assim abre a vaga na câmara de vereadores para o suplente Luiz Carlos ( Escuta). Confira os nomes :18 dez 2012

SECRETÁRIOS E PRESIDENTES DE EMPRESAS :

SECRETÁRIO DE INDÚSTRIA E COMÉRCIO
CARLOS MACHADO DE ANDRADE FILHO (CACÁ) é natural de Ilhéus (Ba). Empresário do ramo de colchões, Cacá Colchões, como é conhecido, é graduado em Administração de Empresas com ênfase em Finanças pela Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC). Já ocupou o cargo de diretor da Câmara de Dirigentes Lojistas de Ilhéus (CDL) em dois períodos. Possui larga experiência na área empresarial e atualmente é vice-prefeito eleito de Ilhéus.


SECRETÁRIO DA FAZENDA
MARCO ANTONIO PORTO CARMO é Bacharel em Direito pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Especialista em Direito Tributário Estadual pela Fundação Faculdade de Direito da Bahia (UFBA) e pós graduado em Gestão Tributária pela UNIFACS.  É Auditor Fiscal da Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia, já tendo exercido os cargos de Inspetor da Fazenda em Ilhéus, Camacã e Itabuna e Delegado Regional em Vitória da Conquista.

SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO
RICARDO TEIXEIRA MACHADO nasceu em Ilhéus (Ba), é advogado, pós graduado em Direito Tributário pelo IBET/PUC – Fundação Carlos Gomes, subprocurador geral do Município de Ilhéus e secretário geral da OAB-Ilhéus. Já exerceu os cargos de subprocurador fiscal do Município de Ilhéus e Conciliador do Juizado Especial Civil do Tribunal de Justiça da Bahia no SAJ/SAC de Ilhéus.



SECRETÁRIO DE PLANEJAMENTO, TECNOLOGIA E ORÇAMENTO

ANTÔNIO JOAQUIM BASTOS DA SILVA é economista e administrador de empresas pela UESC, especialista em Economia Pura pela UFPE, Mestre em Economia Rural pela Universidade Federal de Viçosa, Doutor Honoris Causa pelo Conselho Íbero Americano de Ensino Superior. Foi Vice Presidente do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras, Presidente da Associação Brasileira de Reitores das Universidades Estaduais e Municipais e Fundador do Grupo Coimbra Universidades Brasileiras. Foi Reitor da Universidade Estadual de Santa Cruz por dois mandato

PROCURADOR GERAL DO MUNICÍPIO
OTÁVIO AUGUSTUS CARMO, é advogado, ex-procurador geral  e membro efetivo da Procuradoria do Município, professor de Direito  na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) e Conselheiro Estadual da Ordem dos Advogados do Brasil.



SECRETÁRIO DE COMUNICAÇÃO
JOSÉ DA PAIXÃO ANDRADE BARBOSA nasceu em Coarací (Ba), é graduado em Comunicação pela Universidade Federal da Bahia e Pós Graduado em Gestão de Empresas de Comunicação pelo Centro de Extensão Universitária de São Paulo e Faculdade de Comunicação da Universidade de Navarra na Espanha. Trabalhou no Grupo A TARDE durante 34 anos, tendo ocupado as funções de Revisor, Repórter da Editoria Geral, Repórter de Política, Editor de Política, Editor da Editoria Geral, Editor da Primeira Página, Secretário de Redação de Planejamento e Coordenador da Agência de Notícias A TARDE. Como jornalista, atuou ainda na Prefeitura de Salvador, Assembléia Legislativa, Secretaria de Indústria e Comércio do Estado da Bahia, Bahiatursa e Federação das Indústrias do Estado da Bahia.

SECRETÁRIO DE DESENVOLVIMENTO URBANO
ISAAC ALBAGLI DE ALMEIDA nasceu em Ilhéus (Ba), é graduado em Agronomia pela Universidade Federal da Bahia e Pós Graduado em Gestão Pública pela Faculdade de Ilhéus. Foi Superintendente do Distrito Industrial de Ilhéus e do Pólo Comercial (SUDIC) e Vereador em Ilhéus (1993 a 1996). Na Prefeitura de Ilhéus já exerceu os cargos de Secretário de Administração, Secretário de Agricultura, Indústria e Comércio, Presidente da Companhia de Administração da Zona de Exportação de Ilhéus, Secretário de Planejamento e Secretário de Infraestrutura. Na Prefeitura de Salvador ocupou o cargo de Superintendente da Agencia de Desenvolvimento Econômico e atualmente é Presidente da Bahia Pesca S.A., ligada à Secretaria de Agricultura do Estado da Bahia.

SECRETÁRIO DE AGRICULTURA E PESCA
SEBASTIÃO ANTONIO VIVAS COSTA nasceu em Ibirapitanga (Ba), é Técnico em Agropecuária, em Administração de Empresas, Filósofo, especialista em Gestão e Negócios do Desenvolvimento Regional Sustentável, com expertise em “Parcerias Agrícolas” (Grupo Odebrecht) e Coordenação de Projetos de Desenvolvimento Regional Sustentáveis (Banco do Brasil). Atualmente assessora a Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola – EBDA junto a Agricultura Familiar.

SECRETÁRIO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL
JAMIL CHAGOURI OCKÉ nasceu em Ilhéus, é empresário, Bacharel em Direito, já tendo ocupado os cargos de Presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Ilhéus (CDL) e Diretor do SAC/Ilhéus. É professor municipal e vereador eleito do município.


 SECRETÁRIO DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS
JAILSON ALVES NASCIMENTO é natural de Ilhéus, foi bancário, administrador de empresas rurais e vereador por quatro mandatos, tendo exercido a presidência da Câmara Municipal de Ilhéus no biênio 2009/2010. Foi Presidente de Comissão de Justiça e Finanças e da Comissão de Transportes da Câmara Municipal de Ilhéus.


SECRETÁRIO DE TURISMO
ALCIDES KRUSCHEWSKY NETO nasceu em Ilhéus (Ba), é ex-funcionário do Banco do Brasil. Já ocupou os cargos de Coordenador da Administração de Olivença, vinculada à Secretaria de Turismo e Secretário Municipal de Governo em dois períodos. Atualmente exerce seu segundo mandato como vereador em Ilhéus. Possui cursos nas áreas de direito, relações humanas e avaliação e rentabilidade de negócios.


SECRETÁRIO DE MEIO AMBIENTE E URBANISMO
ANTONIO VIEIRA é paulista de nascimento e radicado em Ilhéus desde 1977. É graduado em Arquitetura pela Escola de Arquitetura e Urbanismo Braz Cubas de Mogi das Cruzes (SP) e pós graduado em Desenvolvimento e Gestão Ambiental pela Universidade de Santa Cruz (UESC).  Ocupou os cargos de Secretário de Planejamento, Assessor de Planejamento Urbano e Preservação Ambiental, Secretário de Infraestrutura e Secretário de Planejamento e Controle Orçamentário na Prefeitura de Ilhéus. Possui vasta experiência nas áreas ambiental e planejamento urbano.






SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO
MARLÚCIA MENDES DA ROCHA (MALU ROCHA) é graduada em letras pela PUC do Rio de Janeiro, possui mestrado em Artes Cênicas pela USP de São Paulo e doutorado em Comunicação e Semiótica pela PUC/SP. É professora adjunta do curso de Comunicação Social e do Mestrado de Letras – Linguagens e Representações na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). É professora e assessora acadêmica da Faculdade de Ilhéus e Avaliadora Institucional de cursos de graduação do INEP. Já ocupou funções importantes como Diretora Pedagógica da Faculdade de Artes Alcântara Machado em São Paulo e professora assistente da Faculdade de Tecnologia da UNESP.


 SECRETÁRIA DE SAÚDE
LEDÍVIA SAMPAIO NOGUEIRA ESPINHEIRA nasceu em Ilhéus (Ba), é médica graduada pela UFBA e Mestre em Medicina e Saúde também pela Ufba. Fez estágio em Moléstias Infecciosas e Parasitárias-Hôpital Bichat-Paris-França. Cursa atualmente MBA em Gestão em Saúde pela Fundação Getúlio Vargas. Atualmente é Diretora de Atenção Especializada da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia e consultora em Gestão de Serviços de Saúde e Qualidade e Acreditação Hospitalar. Foi Coordenadora do Núcleo de Qualidade do Hospital Espanhol,  Médica Infectologista/ Coordenação do Núcleo de Qualidade e Prevenção de Infecções Hospitalares do Hospital Português, Médica Infectologista do Hospital Geral Roberto Santos e Médica Infectologista / Médica da CCIH  do Hospital Português. É Membro do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar  do Hospital Aliança em Salvador Bahia e Médica Infectologista do Serviço de Infectologia do Hospital Espanhol em Salvador/Bahia. Lecionou disciplinas nas áreas de medicina na UFBA e Qualidade e Acreditação dos Serviços de Saúde na Faculdade Jorge Amado. Possui vários trabalhos científicos publicados.



PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO CULTURAL DE ILHÉUS (FUNDACI)
PAULO ROBERTO BATISTA DOS SANTOS (PAULO ATTO) nasceu em Salvador. É produtor cultural, diretor teatral e consultor em projetos de arte, cultura e desenvolvimento sócio-cultural desde. Participou de programas, festivais, seminários sobre cultura e artes cênicas na Alemanha, EUA, México, Rússia, entre outros países; foi selecionado para a 8ª Sessão da “International School of Theatre Antropology”.  Convidado da UNESCO para o Fórum permanente de Programas de Desarollo Sociocultural de América Latina e Caribe. Coordenador Geral do Programa ArtEducAção Bahia em Ilhéus de 2003 a 2008, diretor do Projeto Ilhéus Encena e espetáculo “Uma Viagem na Marinete de Tieta” de Jorge Amado em Ilhéus,  membro fundador da Rede Ibero Americana de Animação Sócio-Cultural, com sede em Salamanca/Espanha, e da Rede Cultural do Mercosul, Coordenador Geral do Projeto Tim Grandes Escritores realizado em Ilhéus e Itabuna.



PRESIDENTE FUNDAÇÃO LIVRE DO MAR E DA MATA (MARAMATA)
LUIS FREDERICO CAVALCANTE DE ANDRADE é engenheiro agrônomo pela UFBa, foi responsável pela área ambiental do  Hotel Transamérica durante doze anos onde se dedicava à  manutenção e revitalização de paisagismo , gestão de programas de gerenciamento de resíduos sólidos, recuperação de processo erosivo de dunas e recuperação de área degradada.  Atuou na Comissão de Meio Ambiente e ISO 14.000. Foi Vice-Presidente do Comitê das Bacias Hidrográficas do Leste (CBHL) e Engenheiro Agrônomo das obras da nova Arena Fonte Nova. Possui cursos na área de Agricultura Ecológica e Ética Ambiental além de Gestão Ambiental em Políticas Públicas.



 CHEFE DE GABINETE DO PREFEITO
VICTOR ROBERTO DA VEIGA FERREIRA nasceu em Ilhéus, é acadêmico em direito e Chefe de Gabinete da Prefeitura de Una (Ba). Já ocupou funções administrativas na Bahia Pesca S.A. e no SAC Ilhéus (Serviço de Atendimento ao Cidadão).

Fonte: Agravo.


Reunião dos atores Ilheenses ( Teatro )



  • Atenção atores e atrizes e demais profissionais do Teatro, em Ilhéus. Na primeira quinzena de janeiro estaremos reunidos para discutir os critérios que definem quem realmente faz Teatro no município. A ideia é fortalecer a Câmara de Teatro e ir com uma representação forte para as eleições do Conselho Municipal de Cultura em março. Precisamos criar também nossa política setorial. Mas, isso só será possível com a presença de todos. Farei uma convocação em breve. Avisem a quem puder Ruy Penalva Romualdo Lisboa Beto Santana Fábio Nascimento O Coronel Ed Paixão Andrea BandeiraGermano Lopes Mauricio Lima Léia Raquel Laiane...
    Fonte Facebook

Concerto ao Amado Amar celebra o centenário de Jorge Amado

31 de jul de 2012
Espetáculo com direção musical de Luciano Calazans mescla música popular e erudita numa viagem pela obra do escritor baiano

A Secretaria de Cultura do Governo do Estado da Bahia (SecultBA) apresenta o Concerto ao Amado Amar, parte das comemorações do Governo Estadual pelos 100 anos de nascimento de Jorge Amado. O espetáculo, com direção musical e arranjos de Luciano Calazans e direção artística de Maurício Martins, mescla música popular e erudita, tendo a Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) na condução das canções e do passeio dos artistas Moraes Moreira, Saulo Fernandes, Luiz Caldas, Carla Visi, Gerônimo, Roberto Mendes, Ana Mametto, Claudia Cunha, Manuela Rodrigues, Alexandre Leão e Dão. Serão duas apresentações: a primeira, no dia do aniversário do escritor baiano, 10 de agosto (sexta-feira), às 21 horas, na Sala Principal do Teatro Castro Alves, e a segunda, no dia 11 de agosto (sábado), às 20 horas, no Terreiro de Jesus (Pelourinho), ambas com entrada gratuita.

O repertório é fruto de uma pesquisa sobre a obra de Jorge Amado, remetendo ao universo literário criado pelo escritor baiano e apresentando, inclusive, composições assinadas por ele próprio, além de músicas encomendadas pelo autor para algumas das muitas séries e filmes baseados em seus escritos. Dorival Caymmi, amigo e parceiro, também impera na seleção. É Doce Morrer no Mar (de Dorival Caymmi e Jorge Amado), Vamos Falar de Tereza (Dorival Caymmi), O ABC de Jorge Amado (Moraes Moreira), Tema de Amor a Gabriela (Tom Jobim), A Luz de Tieta (Caetano Veloso) e Jubiabá (Gerônimo) são algumas das que integram o espetáculo de uma hora e meia de duração. “O concerto inspira literatura e expira harmonia, melodia, sons e tons variados peculiares do escritor que, ao lado de Caymmi, Verger, Caribé, colocou a Bahia como uma terra de mistérios e misticismo”, apresenta Luciano Calazans, que é baixista, arranjador, compositor e produtor musical de reconhecida atuação na Bahia e no Brasil.

Além da OSBA, que está comemorando 30 anos de atividade e que se insere nesta homenagem também na celebração deste marco, uma banda formada pelos músicos Alexandre Montenegro (baixo elétrico e acústico), Léo Brasileiro (guitarra e violão), Bruno Aranha (piano), Mauro Tahin (bateria), Ivan Santos, Tainnã Chagas e Rudson Daniel (percussão) completa o tom das execuções. “Não é novidade a fusão da música popular com a música erudita, mas o diferencial neste concerto é que a OSBA será o ‘mar’ e os outros instrumentos, bem como as canções, serão os ‘saveiros’ navegando no sinfônico com um hibridismo que quase não será possível distinguir onde começa o popular e onde termina o erudito, e vice-versa”, explica Calazans, que finaliza: “O concerto está recatado como Dona Flor, brejeiro e faceiro como Gabriela e apimentado e sagaz tal qual Vadinho”

Concerto ao Amado Amar
Sala Principal do Teatro Castro Alves
Quando: 10 de agosto (sexta-feira), 21 horas
Terreiro de Jesus (Pelourinho)
Quando: 11 de agosto (sábado), 20 horas
Quanto: Entrada franca*
* Para o Concerto no TCA, o pré-convite do evento poderá ser trocado por duas cortesias na bilheteria do teatro, a partir do dia 8 de agosto, das 12h às 18h, ou até 1h antes do início do espetáculo. Trocas sujeitas à lotação da Sala Principal do TCA. Informações: 71 3117-4899. 

Paula Berbert
Assessora de Comunicação
Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB)
71 3324-8565 | 71 9127-7803

FUNCEB na rede:
www.funceb.ba.gov.br | @funceb | facebook.com/fundacaoculturalbahia
Agenda Cultural Bahia na rede:
www.agendacultural.ba.gov.br | @agendacultbahia | facebook.com/AgendaCulturalBahia
17 de mai de 2012
Os atores da CCAT (Cia Casa Aberta de Teatro) Ruy Penalva, Germano Lopes e Maurício Lima, foram selecionados para atuar na montagem do grupo Teatro Total que tem como diretor Pawlo Cidade.
A peça chamada "Capitães do Morro", aprovada pelo edital da Secul/BA 2011, tem a estreia marcada para 15, 16 e 17 de Junho no Teatro Municipal de Ilhéus, e a pré-estreia no dia 13 de junho.
Mais informacoes em: http://www.capitaesdomorro.blogspot.com.br/


Atualmente o grupo de teatro também foi convidado para apresentar em mais um  projeto aprovado pela Secult/BA, onde se apresenta nos fins de semana nas cidades circunvizinhas a Ilhéus.
 Nos tempo livres eles também estão ensaiando sua nova comédia: 
Gabriela com Cravo e Sem Canela,
vale apena esperar
  


A Sociedade do Espetáculo 2: uma reação inesperada

11 de fev de 2012

“Peter Brook vê o teatro como um meio de atingir o que nenhum outro meio é capaz: ‘Aqui está à responsabilidade do teatro: o que um livro não pode transmitir, o que nenhum filósofo pode verdadeiramente explicar, poder ser alcançando através do teatro. Traduzir o intraduzível é um de seus papéis.”
Dia dez de fevereiro de dois mil e doze, as dez para as oito da noite em frente ao TMI - Teatro Municipal de Ilhéus, um grande movimento assolava o local. Nossa quem está em cartaz? Deve ser alguém muito conhecido e famoso para se apresentar no teatro em plena greve da polícia e um medo desenfreado que se instaurou pra essas bandas. Não me lembro da divulgação de nenhum espetáculo de globais sendo anunciado pelos massivos e alienadores meios de comunicação!!! O que será que está acontecendo; mais e mais pessoas surgindo das ruas, vielas e passagens das proximidades do teatro. Pera ai! Não… Será? Não pode ser!?!

Agora me recordo de ter visto os cartazes de uns atores chumbregas (na visão dos telespectadores passivos da plim-plim) na semana passada que anunciava o espetáculo “Pura Comédia” que não foi realizado devido ao “caos” e sensação de insegurança e um acovardamento despertados nas pessoas pela mídia sensacionalista. Não entendo, mas como poderiam eles em tão pouco tempo ter avisado sobre o adiamento da peça para todo aquele público que ali se aglomerava? Ali presentes, indivíduos sedentos, famintos por um evento que para o bem estar social, contradiz o artigo da semana passada “A Sociedade do Espetáculo: uma crítica aos espetáculos alienadores”. Será que os novos ventos da mudança estão chegando e dissipando essa névoa obscura de ignorância e incompetência?
Toca o primeiro sinal e a fila ainda não havia entrado, e, pra variar alguns atrasados adentravam a platéia ao iniciar do espetáculo com a casa lotado, menos mal, melhor que ter ficado em casa assistindo sua novelinha pacíficamente. Numa linguagem popular e satírica sob ininterruptas gargalhadas, veementemente ovacionadas pela platéia, a CCAT - Cia. Casa Aberta de Teatro abordou de forma irreverente as situações mais pitorescas de nossa sociedade sem deixar de lado boas pitadas de uma crítica social, comuns a função da comédia desde os seus primórdios na Grécia antiga com seus principais autores, Aristófanes e Menandro, passando pelas Atelanas romanas, a Comédia dell´arte, entre outras com o mesmo tom jocoso e hilariante de protesto através de várias esquetes.
 
 Na esquete o “Nerde”, abordou-se a situação do mercado de trabalho, salientando a importância do primeiro emprego para o jovem, muitas vezes usados pra apagar “incêndios” pela falta de mão de obra capacitada, além da exploração de patrões que cada vez mais querem funcionários multifuncionais, porém com um salário medíocre.


“Arrocha Brasil” contestou a questão dos gostos musicais duvidosos, sem conteúdo e com gritinhos e “coreografias” reduzidas ao balanço erotizado do quadril que inflama a platéia nos “shows da vida”. Além de abordar a temática dos votos de cabresto que ainda andam muito em voga, muito comuns aqui na região e que datam da época dos coronéis. O refrão do arrocha “Seu voto vale R$1,00, pacote de feijão, pacote de arroz….” no palco deixou claro por que a região não se desenvolve, continuando a míngua há décadas.
Na cena “Dona Maria”, uma senhora simples e trabalhadora, empregada doméstica que já devia estar aposentada, retrata a exploração dessa mão-de-obra pelas madames, filhas do cacau que sugam até a última gota de sangue dessas pessoas honradas e honestas, mães de famílias.


Em “Chapeuzinho Vermelho” desmistifica-se o lado inocente dos contos de fada, tratado da vulnerabilidade das crianças diante dos meios de comunicação que exploram aleatoriamente e gratuitamente questões como as drogas e a erotização, amplamente difundido por nossas mídias em horários não tão nobres assim.
“Tota-tola” exemplifica claramente o estado mental de pessoas mentecaptas a realidade, que deixam-se levar pelos conteúdos subliminares contidos nas propagandas no meio midiático de forma geral, em especial nesse caso, a televisão com grande poder de influenciar a opinião popular, “roubando-lhes” a mente a todo tempo ao oferecer produtos de obsolescência  projetada ou programada e obsolescência percebida.
O jornal “Utopia Nacional” através da metalinguagem, criticou duplamente os jornais televisivos que nada acrescentam a mente das pessoas, além de retratar  ipsis litteris cenário político da região, o descaso do poder público com os serviços essenciais como educação, saúde e segurança. Em especial uma crítica mais contundente foi feita a atual administração pública de Ilhéus com projeções dignas do teatro de vanguarda que mesclas as mais diversas linguagens audiovisuais à cena, parodiando a propaganda do Governo da Bahia e pequenas reportagens in loco, deixando em evidência as mazelas municipais como o transporte, a saúde, a educação, o saneamento básico e o turismo, sendo o ultimo tema muito bem retratado ao demonstrar o total descaso com nossos turistas e a falta de infra-estrutura.  O turismo é uma pasta de extrema relevância para o município, o tema foi muito bem colocado, trazendo a tona o fato ocorrido quando do esquecimento de Ilhéus na divulgação dos principais roteiros turísticos da Bahia para a Copa do Mundo de 2014, por conta de uma divulgação do Governo da Bahia no site: http://www.bahia.com.br/noticias/2012-01-06/bahia-tem-18-dos-destinos-turisticos-indicados-para-visitacao-durante-copa
 Esse fato gerou uma forte mobilização do trade turístico ilheense em uma campanha de descontentamento com o atual secretário que não tem correspondido aos anseios deste mesmo trade.
O “Bandido Honesto” explicita a falta de segurança numa sociedade a mercê dos bandidos, não só os criminosos, mas também por aqueles que desviam sua conduta e ao invés de nos proteger, escondem-se atrás de uma farda cometendo abusos, dos que deveriam cuidar de nossa economia e que cometem crimes do colarinho branco, e a meu ver, os de pior espécie que encabeçam o rol do mais baixo calão, nossos políticos corruptos com suas falcatruas que se utilizam das brechas nas leis, criadas em benefício próprio.
PARABÉNS A TODOS OS PATROCINADORES QUE AJUDAM A DIFUSÃO DA CULTURA LOCAL!!!

Informe

3 de fev de 2012
Espetáculo “Pura comédia” foi transferido para os dias 9 e 10

A Cia Casa Aberta de Teatro (CCAT) informa que, devido à greve da polícia e seus transtornos, transferiu o espetáculo “Pura Comédia” para os dias 9 e 10 (quinta e sexta). O evento será no Teatro Municipal de Ilhéus, às 20h. Haverá também a gravação do primeiro DVD do grupo. O elenco da CCAT promete ao público uma noite de gargalhadas, e continua com a promessa: “Quem não rir, não paga!”
Esta é uma realização da CCAT Produções. Os ingressos já estão à venda na bilheteria do Teatro Municipal, por R$ 20,00 (meia R$ 10,00). Visite o site do grupo: http://www.ciacasaabertadeteatro.blogspot.com/


Você conheci a cia de: